Atividades provisoriamente suspensas.

Projetos com a Comunidade Externa:

Curso de Uchinaaguchi (Língua Okinawana)

A língua do povo okinawano, símbolo máximo de sua cultura, não pode morrer.
 
Foi com esta visão que o Exatus Colégio e Vestibulares criou, no dia 12 de março de 2008, o primeiro curso no Brasil de Uchinaaguchi (língua original de Okinawa) e cultura okinawana.
 
Centenas de anos de cultura passada de pai para filho e o sentimento do espírito de Okinawa (chimugukuru) estão sob a responsabilidade de cada Uchinanchu ao redor do mundo agora.
Eles representam o legado e a identidade de nossos ancestrais que carregamos hoje em nossos corações.
 
A exemplo do que vem acontecendo em Okinawa, onde já existem cursos de Uchinaaguchi nas escolas (para resgatar e manter vivos os costumes e a língua), os diretores do colégio, Julio Takara e Augusto Takara, implantaram este projeto pioneiro no Brasil, já que é o lugar que abriga a maior comunidade okinawana fora do Japão.
 
A ideia de oferecer este curso não se restringe somente aos descendentes okinawanos, mas também para todos os simpatizantes desta cultura.
 
O curso (gratuito) é ministrado todos os sábados, das 11h às 13h, e é aberto ao público externo.
 
Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos que contribuíram para que este ousado projeto saísse do papel, principalmente à Yonamine sensei e aos seus alunos.
 
Esperamos que este ideal se espalhe pelo Brasil e pelo mundo e não fique limitado somente à nossa região.
 
Ippe Niheedeebiru!

Curso de Sanshin (Viola Okinawana)

O Sanshin é um instrumento musical okinawano de três cordas que se assemelha à forma do banjo. Sua câmara acústica é forrada tradicionalmente por couro de cobra, no entanto, os novos modelos estão sendo fabricados com tecido sintético.

Muitas pessoas chamam equivocadamente o Sanshin de Shamisen. Na realidade, os japoneses criaram o Shamisen a partir do Sanshin (em meados do século 16), enquanto que este foi desenvolvido a partir do instrumento chinês Sanxian.

As aulas de Sanshin do Colégio Exatus iniciaram no final de 2010 com a colaboração voluntária do Yokoda sensei, intercambista japonês da província de Okinawa. Como o seu retorno ao Japão, na metade de 2011, quem passou a ministrar as aulas foi o Kakazu sensei, que permaneceu até 2018. A partir de 2019, temos duas turmas: uma iniciante com a Bruna Oshiro sensei e uma de avançados com o Ricardo Kakazu sensei. O curso é oferecido aos sábados das 8h às 10h.